Horário: 27 de Abril até 25 de Junho, a partir das 20:30

 

Do dramaturgo norte-americano Tennessee Williams, A Peça Para Dois Atores (The Two Character Play) foi levada a cena pela primeira vez em 1967, em Londres, e foi considerada pelo próprio como a sua peça mais bonita desde Um Elétrico Chamado Desejo. A narrativa encerra uma peça dentro de uma peça. Dois irmãos, ambos atores, que andam há demasiado tempo em digressão, são abandonados pela restante companhia e vêem-se confrontados com uma plateia que aguarda pela representação de A Peça Para Dois Atores. À medida que a peça dentro da peça se desenrola, a linha entre a realidade e a ilusão torna-se cada vez mais ténue e os irmãos são obrigados a lidar com os seus próprios fantasmas, num jogo trágico-cómico que os conduz ao limite. Parcialmente autobiográfica, a relação dos irmãos é uma reminiscência da própria relação de Williams com a sua irmã, Rose, que passou grande parte da sua vida numa instituição psiquiátrica e de quem ele era muito chegado. A peça fala-nos de saúde mental e de confinamento forçado, temas que nos são assustadoramente familiares e que justificam plenamente a revisitação deste texto tão especial.

 

Mais Informações